Clubes: Projetos Permanentes

Este espaço é reservado aos Lions Clubes que possuem projetos permanentes que atendam a comunidade. Para publicar o projeto permanente é necessário enviar imagens e um histórico do projeto. Caso o Distrito possua imagens no banco de dados, poderá também fornecer para ilustrar o projeto.

VALORIZE OS SEUS LEÕES PUBLIQUEM OS SEUS PROJETOS PERMANENTES

TRABALHO PERMANENTE

LIONS CLUBE DE OSVALDO CRUZ.

CATOC.

CENTRO DE APOIO TERAPEUTICO DE OSVALDO CRUZ.

oc01

Sede da CATOC

oc02

O INICIO.

O CATOC foi fundado no dia 21 de agosto de 1997, e a reinauguração das instalações ocorreu em junho de 2001, foi o primeiro projeto LCIF no Lions Clube de Osvaldo Cruz.

oc03

Novas instalações

oc04

Galeria de Presidentes CATOC

PROJETOS DO LCIF.

1º projeto AL 1998/1999 – EGD. Manoel Messias Mello.
2º projeto AL 2004/2005 – EGD. Paulo Kenhiti Nakae.

oc05

1º projeto LCIF

oc06

2º projeto LCIF

oc07

O QUE FAZ A CATOC?

O CATOC, Centro de Apoio Terapêutico de Osvaldo Cruz oferece tratamento terapêutico para dependentes químicos e alcoolismo e a ressocialização do interno, de forma a devolver sua dignidade pessoal e familiar, por meio de atividades multi disciplinares que ajudem na reabilitação gradativa, os tratamentos são baseados nos dozes passos do N.A. (Narcóticos Anônimos).

oc08

Vista lateral da CATOC.

O QUE A CATOC PRETENDE?

Ajudar pessoas que se tornaram dependentes e estão precisando de apoio.

Orientar e oferecer meios para que possam abandonar a dependência.

O TRATAMENTO.

O tratamento é oferecido a pacientes portadores da dependência química e alcoolismo. Respeitar a individualidade e necessidades de cada pessoa é parte fundamental do processo. A entidade procura resgatar valores éticos, familiares e emocionais, para motivar os pacientes a adotarem hábitos saudáveis e produtivos, refazendo assim suas vidas.

O tratamento é apenas para pessoas do sexo masculino. Os indivíduos deverão residir no local durante o período e concordar com o serviço oferecido.

Para a internação é necessário que a pessoa e a família passem por uma entrevista feita pelo presidente da CATOC, companheiro Leão, junto com a psicóloga, para explicar as regras da comunidade terapêutica e saber qual o grau de comprometimento da dependência, tempo de uso de drogas e tipos de drogas consumidas.

São necessários 9 (nove) meses para que o paciente receba a graduação e tenha alta do tratamento. Durante este período de recuperação a CATOC oferece atendimento psicológico individual e em grupo, laborterapia (suinocultura, agricultura, avicultura), dinâmicas de grupos, oficinas de trabalhos manuais, aulas de computação, aulas de educação física curso de elétrica e hidráulica. O intuito é promover saúde, socialização e companheirismo.

EQUIPE.

Toda a diretoria da CATOC é formada por companheiros do LIONS CLUBE DE OSVALDO CRUZ.

Atualmente conta um monitor residente, psicóloga, professor de educação física, professora de artesanato, professores de computação, assistência religiosa além de curso com profissionalizante de eletrica e hidraulica com um professor de eletrotecnica..

AS INSTALAÇÕES

O CATOC Centro de Apoio Terapêutico de Osvaldo Cruz tem área total de 36.000,00 m².

São Instalações amplas com alojamento para 24 internos.Conta com recepção, escritório, alojamento do monitor, dormitórios, salas de TVs e vídeos, sala de computação, biblioteca, sala de musculação, sala de reuniões, sala de trabalhos de costura, banheiros, refeitório, cozinhas, lavanderia, pátio, campo de futebol.

oc09

Banheiro

oc010

Refeitório

oc011

Pátio

oc012

Sala de Reunião

oc013

Sala de serviços de costura

oc014

Sala de musculação

oc015

Biblioteca

oc016

Sala de informática

oc017

Sala de TV e vídeo

oc018

Alojamentos

oc019

Alojamentos

oc020

TRABALHOS.

Todos os trabalhos, refeições, limpeza interna e externa, jardinagem, e a manutenção da comunidade são realizadas pelos próprios internos, acompanhados pelo monitor que faz a escala e o rodízio a cada 15 dias, fazendo com que todos participem de todas as atividades.

Outros serviços ajudam a manter a casa como:

Suinocultura, criação de porcos para o próprio consumo.

Avicultura, criação de aves e ovos para o próprio consumo.

Apicultura criação de abelhas.

Agricultura, que conta com ampla estufa com 900m²  para o cultivo de hortaliças consumo interno, cultivo de milho para alimentação dos porcos e aves, cultivo de café para consumo interno, e um pomar com grandes variedades de frutas para o consumo interno.

Alem desses trabalhos a CATOC tem parcerias com empresas para a realização de  trabalhos, com a Prefeitura Municipal de Osvaldo Cruz e ONGs, produzindo mudas de arvores para reflorestamento.

oc021

Estufa para legumes e verduras

oc022

Estufa para legumes e verduras

oc023

Estufa para legumes e verduras

oc024

Pomar

oc025

Pomar

oc026

Pomar

oc027

Cafezal

oc028

Cafezal

oc029

Milharal

oc030

Suinocultura

oc031

Avicultura

oc032

Apicultura

PROJETO BEBÊ CLÍNICA

LIONS CLUBE DE VERA CRUZ

REPORTAGEM DO JORNAL DA MANHÃ 29/03/2009

IMAGENS ARQUIVO DO DISTRITO LC-8

No município de Vera Cruz, vizinho de Marília, crianças de diferentes classes sociais têm acompanhamento odontológico gratuito até o terceiro aniversário. O projeto Bebê Clínica é custeado e apoiado pelo Lions Clube da cidade. “É um projeto simples de desenvolver, de baixo custo e eficiente”, mencionou a presidente imediato, Rita Zeine.

244

De acordo com a presidente do Lions, o projeto, implantado em 2003, tem ótima aceitação pela população e vem alcançando resultados abrangentes. As idealizadoras são as odontopediatras Márcia Sueli Carvalhal Altafim e Danielly Mariotto. Hoje a primeira é a coordenadora. “O Bebê Clínica previne problemas bucais, atendendo as crianças bimestralmente e ensinando hábitos de higiene a elas e seus familiares. Como resultados vemos que os pacientes se tornam mais independentes e conscientes da importância da escovação”, Zeine defendeu a idéia.

245

São disponibilizadas 180 vagas para crianças de zero a três anos de idade. Até hoje já foram atendidas 750 crianças. O trabalho voluntário é desenvolvido pelas dentistas e demais integrantes do Lions de Vera Cruz na sede do clube na primeira quinta-feira de cada mês. O espaço tem uma sala equipada com macas apropriadas, materiais de trabalho e brinquedos do lado de fora para distrair os “pequenos” enquanto aguardam.

247

Cada bebê tem sua ficha, onde são registradas todas as avaliações. Além da consulta a cada dois meses, os pais assistem a palestras orientativas e recebem kits gratuitos de higiene próprios para a idade dos filhos. “Ao iniciar a participação no projeto, os pais ou responsáveis recebem orientações sobre o cuidado com os dentinhos dos filhos, com enfoque no quanto isso terá evidente importância na vida e na saúde futura deles”, mencionou Zeine.

2492

Como o projeto visa educar a população para os cuidados dentários e a prevenção, ele não é restrito às classes sociais mais baixas. “O único requisito para ser paciente é ter menos de três anos”, disse a presidente imediato do Lions.

252

Para a odontopediatra Márcia Sueli Carvalhal Altafim, a boca é a vitrine do corpo. “O que primeiramente reparamos em uma pessoa é seu sorriso. Se há algum dente faltando ou mau hálito, logo vem à nossa cabeça que a pessoa não tem uma boa higiene. Boca saudável é aquela sem cárie, doença periodontal, feridas, manchas ou mau hálito, e que proporcione boa mastigação, deglutição e comunicação, além de ser esteticamente agradável”.

2551

Governador 08/09 em Visita Oficial ao Projeto Bebê Clínica com a CaL Marcia Altafim em frente ao Mural da Fama.

Equipe

Até hoje participaram do projeto, em parceria com Márcia Altafim, as profissionais Danielly Mariotto, Viviane Coqui, Camila Carvalhal Tabet, Helena Dancuart, César Carvalhal Altafim e Kelly Carvalhal Bueno. Além das voluntárias do Lions: Maria Bambini, Teresinha Simieli, Mary Sabbag, Sidinéia Ramos Tosoni, Alzira Iaticola, Lucia Celina Anastácio e Vilma Palma. Também comparecem mensalmente como colaboradora a assistente odontológica Lourdes dos Santos Dias.

Finalização

Quando completa três anos, a criança recebe um “diplominha”, posando para uma foto, que enfeitará depois o “Mural da Fama” nas paredes do clube de serviço. “Deve-se ter em mente que a prevenção é a maneira mais econômica, menos dolorida e menos preocupante de se cuidar da saúde bucal e que ao se fazer prevenção está se evitando o tratamento de problemas graves no futuro”, frisou o presidente do Lions Clube.

7 respostas a Clubes: Projetos Permanentes

  1. Pingback: Distrito LC8 » Arquivos de Blog » Bebê Clínica LC Vera Cruz

  2. Pingback: Distrito LC8 » Arquivos de Blog » JANTAR DANÇANTE VERA CRUZ

  3. Pingback: Distrito LC8 » Arquivos de Blog » LC VERA CRUZ

  4. Pingback: Distrito LC8 » Arquivos de Blog » CONVENÇÃO 1 e 2 de Maio - Garça

  5. Pingback: Distrito LC8 » Arquivos de Blog » 2ª VDG CONHEÇA A NOSSA CANDIDATA

  6. Hebertt Straus disse:

    Bom dia, Estou solicitando mais informações para a internação de um funcionário de nossa empresa, devido a estar preocupado com sua integridade pessoal e conservar o seu lado profissional com a nossa empresa, informações sobre disponibilidade de vagas, como proceder sobre a internação sendo que o mesmo estar de plena consci~encia e aceitação, sendo ele um elétricista de grande proficionalismo, se existe uma possibilidade de estar integrando serviços de nossa empresa junto com vcs e os interno pois pude observar que possui curso técni em eletrotécnica.

  7. Neuza Aparecida de Figueiredo disse:

    Parabéns CCLL, vocês são orgulho do movimento, me sinto honrada se tê-los como companheiros,
    que DEUS lhe dê muita força e resignação para segurar nas mãos do criador e seguir.

    abraços
    CaL Neuzinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *